Futebol Feminino: os jogos com campo reduzido não permitiram alcançar estímulos de alta intensidade similares aos de jogos internacionais.
28 de janeiro de 2019
Monitoramento 24 horas da saúde e performance de atletas: realidade distante ou não?
18 de fevereiro de 2019
Prof. Ms. Rodrigo Santos
Núcleo de Pesquisa e Estudos em Futebol
Universidade Federal de Viçosa-MG

UTILIZAÇÃO DE JOGOS REDUZIDOS NO TREINO DE FUTEBOL:

HÁ RELAÇÕES ENTRE O COMPORTAMENTO TREINADO E O OBSERVADO NO CONTEXTO COMPETITIVO?

O jogo de Futebol é caracterizado por sua natureza essencialmente tática, o que significa que os jogadores têm de adaptar constantemente suas ações às diversas demandas situacionais apresentadas pelo jogo a cada instante. Devido a essa característica, os jogos reduzidos têm sido amplamente utilizados em treinamentos com o intuito de simular cenários específicos do jogo e, consequentemente, induzir o jogador a adaptar seu comportamento, de modo a perceber as características do ambiente (ex.: espaço disponível, posições e movimentos dos companheiros e adversários) em um determinado instante e agir de maneira mais eficaz ao deparar-se com situações semelhantes em uma partida [1].

Para isso, diversos estudos publicados em periódicos científicos especializados têm investigado o efeito de diferentes configurações de jogos reduzidos, tanto em relação ao número de jogadores envolvidos (ex.: 3×3, 4×3, 6×4, etc.), quanto nas dimensões da área utilizada para a atividade (ex.: 10x15m, 20x25m, etc.), com o intuito de verificar de que forma essas alterações afetam o comportamento e o desempenho dos jogadores em cenários diversos [2–4]. É importante ressaltar, no entanto, que apesar de diversos destes estudos terem verificado mudanças nas dinâmicas comportamentais dos jogadores em função das diferentes alterações aplicadas aos jogos reduzidos, não se pode afirmar com convicção que as características relacionadas ao comportamento tático verificadas nas atividades de jogo reduzido são similares às observadas no contexto de uma partida formal (11×11).

Neste sentido, um estudo publicado recentemente pelo Núcleo de Pesquisa e Estudos em Futebol (NUPEF), juntamente com colabores de Portugal e Inglaterra (link para acesso gratuito ao artigo: https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpsyg.2018.02550), indica, baseado na leitura e análise de resultados de diversos artigos científicos, que alguns comportamentos (ex.: padrões de movimentação) observados em jogos reduzidos não se assemelham àqueles verificados em jogos de 11×11 [5]. Por exemplo, Frencken e colaboradores analisaram, em dois estudos distintos, o padrão de comportamento de jogadores, a partir da variabilidade da movimentação dos “centroides” das equipes (posição média dos jogadores de linha de uma equipe em um dado instante) em um jogo com configuração 4×4 e em uma partida competitiva [6,7]. A partir da análise dos resultados de ambos os estudos pode-se inferir que a movimentação dos centroides das equipes possui padrões diferentes, se comparadas as situações em jogo reduzido e em partida competitiva. Na situação de jogo reduzido, observou-se que os centroides se cruzaram na maior parte das oportunidades de gol, enquanto no jogo formal os centroides das duas equipes envolvidas não apresentaram essa característica, ou seja, a hipótese de que as equipes tendem a aglomerar-se próximas à baliza onde uma oportunidade de gol está ocorrendo ou sendo concluída foi confirmada somente em situações de jogo reduzido.

Em suma, percebe-se a necessidade de estudos que analisem jogos formais (11×11) de futebol a partir da utilização de variáveis que permitam que treinadores e pesquisadores possam assegurar-se da representatividade de uma atividade de treino que visa simular uma situação real de jogo, através da comparação do comportamento observado na tarefa em jogo reduzido e em cenário similar no contexto competitivo. Essa representatividade pode ser assegurada a partir da análise do nível de “fidelidade da ação” [8], através da medida e comparação de dados de comportamento e desempenho táticos (ex.: porcentagem de ações corretas de determinados princípios táticos fundamentais [9]) entre a situação do jogo formal que se deseja reproduzir e a atividade de jogo reduzido pretendida. O intuito de garantir a representatividade de uma atividade de jogo reduzido é, obviamente, de que o treinador tenha certa segurança de que os padrões de comportamento que pratica com seus jogadores no treino sejam reproduzidos com a mesma eficiência nas competições.

REFERÊNCIAS

[1]    Aguiar M, Botelho G, Lago-Peñas C, Maçãs V, Sampaio J. A Review on the Effects of Soccer Small-Sided Games. J Hum Kinet 2012;33:103–13.

[2]    Owen A, Twist C, Ford P. Small-sided games: the physiological and technical effect of altering pitch size and player numbers. Insight 2004;7:50–3.

[3]    Castelão D, Garganta J, Santos R, Teoldo I. Comparison of tactical behaviour and performance of youth soccer players in 3v3 and 5v5 small-sided games. Int J Perfomance Anal Sport 2014;14:801–13.

[4]    Dellal A, Owen A, Wong DP, Krustrup P, van Exsel M, Mallo J. Technical and physical demands of small vs. large sided games in relation to playing position in elite soccer. Hum Mov Sci 2012;31:957–69. doi:10.1016/j.humov.2011.08.013.

[5]    Santos R, Duarte R, Davids K, Teoldo I. Interpersonal Coordination in Soccer: Interpreting Literature to Enhance the Representativeness of Task Design, From Dyads to Teams. Front Psychol 2018;9:1–6. doi:10.3389/fpsyg.2018.02550.

[6]    Frencken W, Lemmink K, Delleman N, Visscher C. Oscillations of centroid position and surface area of soccer teams in small-sided games. Eur J Sport Sci 2011;11:215–23. doi:10.1080/17461391.2010.499967.

[7]    Frencken W, Poel H de, Visscher C, Lemmink K. Variability of inter-team distances associated with match events in elite-standard soccer. J Sports Sci 2012;30:1207–13. doi:10.1080/02640414.2012.703783.

[8]    Stoffregen TA, Bardy BG, Smart LJ, Pagulayan R. On the Nature and Evaluation of Fidelity in Virtual Environments. In: Hettinger LJ, Haas MW, editors. Virtual Adapt. Environ.  Appl. Implic. Hum. Perform., Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum Associates, Inc.; 2003, p. 111–28.

[9]    Teoldo I, Guilherme J, Garganta J. Para um futebol jogado com ideias: Concepção, treinamento e avaliação do desempenho tático de jogadores e equipes. 1st ed. Curitiba: Appris; 2015.



554 Comentários

  1. cheap jordans disse:

    I want to get across my passion for your generosity supporting those people who need help with in this theme. Your special dedication to getting the solution all through appeared to be exceedingly good and has in every case encouraged those just like me to realize their objectives. Your entire interesting help and advice entails a lot a person like me and even further to my peers. Many thanks; from all of us.

  2. Do not suit baffled on encountering side effects with kroger pharmacy. They are common with all drugs. Important is to cognizant of tackling them. But in for fear of the fact of find a gp in my area opportune phobia is this drug side effects are absolutely unpresuming and incapable of causing any harm. Rarely do they occur. They are creditable in other things also. Like, they arrive and then disappear also in sometime without seeking any treatment.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.